26/04/2021 às 21h21min - Atualizada em 26/04/2021 às 21h21min

Renan anuncia recurso contra decisão que o impede de relatar CPI: “medida esdrúxula”

“A CPI é investigação constitucional do Poder Legislativo e não uma atividade jurisdicional”, responde o senador Renan Calheiros. “Nada tem a ver com Justiça de primeira instância”.

O senador Renan Calheiros (MDB) se manifestou sobre a decisão liminar da 2ª Vara da Justiça Federal de Brasília que o impede de ser relator da CPI da Pandemia. Para ele, trata-se de “interferência indevida” do Poder Judiciário na atuação do Legislativo.

“A decisão é uma interferência indevida que subtrai a liberdade de atuação do Senado. Medidas orquestradas pelo governo Jair Bolsonaro e antecipada por seu filho. A CPI é investigação constitucional do Poder Legislativo e não uma atividade jurisdicional”.

“Nada tem a ver com Justiça de primeira instância. Não há precedente na história do Brasil de medida tão esdrúxula como essa. Estamos entrando com recurso e pergunto: por que tanto medo?”, completou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp