02/12/2020 às 10h38min - Atualizada em 02/12/2020 às 10h39min

Bolsonaro intensifica conversas em busca de um partido

Aliados do governo apresentam opções de siglas a Bolsonaro, tais como o PSL; o PSD, de Gilberto Kassab; o PP, do senador Ciro Nogueira; o PTB, de Roberto Jefferson; o Republicanos, presidido por Marcos Pereira; e o Patriota, de Adilson Barroso.

Depois de fracassar na criação de seu partido, Aliança para o Brasil e de sofrer derrotas na eleição municipal, Jair Bolsonaro (Sem Partido) intensifica conversas com líderes partidários em busca de uma legenda para se lançar à reeleição.

Reportagem do jornal O Globo aponta que Bolsonaro tem sido aconselhado a dialogar com partidos já estruturados e com recursos, inclusive do centrão, para escolher a nova casa. Enquanto isso, deputados da chamada ala ideológica do governo de extrema direita insistem para que ele volte ao PSL.

Aliados do governo apresentam opções de siglas a Bolsonaro, tais como o PSL; o PSD, de Gilberto Kassab; o PP, do senador Ciro Nogueira; o PTB, de Roberto Jefferson; o Republicanos, presidido por Marcos Pereira; e o Patriota, de Adilson Barroso.

Bolsonaro pretende adiar a escolha para depois da eleição das presidências da Câmara e do Senado, em fevereiro de 2021.

A cúpula do PSL evita falar abertamente sobre as conversas com o governo antes das eleições da presidência da Câmara. A legenda, que se diz independente, trabalha para lançar Bivar como sucessor de Rodrigo Maia (DEM).

Caso opte por um partido alinhado ao Centrão, Bolsonaro terá de afinar o discurso para tentar convencer a sua base de extrema direita a aceitar o movimento de se associar à “velha política”, além de vencer a resistência de alguns líderes partidários.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp