11/10/2019 às 10h16min - Atualizada em 11/10/2019 às 10h16min

Governo Bolsonaro já sabia há um mês que Trump não indicaria Brasil para a OCDE

O Brasil já sabia há um mês que não teria apoio do governo dos EUA para ingressar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O episódio revela o quanto os EUA menosprezam o Brasil, apesar da subserviência de Bolsonaro.

A jornalista Mônica Bergamo informa em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo que o governo Bolsonaro soube há um mês que os EUA enviaram uma carta à Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE) apoiando o ingresso apenas da Argentina e da Romênia na entidade, preterindo o Brasil e demonstrando que apesar da subserviência de Bolsonaro a Trump, o presidente norte-americano na verdade trata o Brasil com desdém.

A coluna relata que o governo brasileiro “trabalhava até então com a possibilidade de os EUA formalizarem, ainda neste ano, apoio para a entrada dos países na seguinte ordem: Argentina e Romênia em 2019, Brasil em maio de 2020 e Peru em dezembro, e a Bulgária, em maio de 2021”.

A OCDE confirmou a ordem, mas o governo Trump aprovou apenas Argentina e Romênia, marginalizando o Brasil.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp