16/01/2022 às 10h41min - Atualizada em 16/01/2022 às 10h41min

Aliados de Lula e Alckmin avaliam que aliança entre os dois já está consolidada

Correligionários do ex-presidente e do ex-governador minimizam desgastes e projetam a chapa para as eleições de 2022.

Redação
A chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para as eleições presidenciais deve mesmo ser formada com o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que deixou o PSDB e busca um novo partido.
 
“Aliados do ex-presidente Lula (PT) e do ex-governador Geraldo Alckmin (Sem Partido) avaliam que a construção da chapa conjunta está pavimentada e que a união demonstrou, nesta semana, resistir a desafios de ordem programática e partidária”, aponta reportagem de Carolina Linhares, publicada no jornal Folha de S. Paulo.
 
“A leitura de quem acompanha as conversas entre Lula e Alckmin é a de que ambos querem fazer a chapa acontecer e, para isso, estão dispostos a superar diferenças – a união pode ser anunciada em fevereiro. O ex-governador abandonou os movimentos para disputar novamente o Palácio dos Bandeirantes e se concentrou em debater o país. Lula, por sua vez, não viu mais surgirem especulações de nomes de vices depois que o de Alckmin entrou na roda. Petistas afirmam que, na opinião do ex-presidente, o jantar que os reuniu publicamente demonstrou que as resistências no partido e na opinião pública foram menores que o esperado”, prossegue a jornalista.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp