23/09/2021 às 10h46min - Atualizada em 23/09/2021 às 10h46min

Suspensão de insumos do Ipen deve afetar 300 pacientes com câncer por semana em hospital de Barretos – SP

Segundo coordenador da unidade, procedimentos poderão ser reagendados. Na noite de quarta-feira (22), União liberou 21% do valor necessário para regularização da produção.

O Hospital de Amor de Barretos – SP, instituição de referência no tratamento do câncer, estima que cerca de 300 pacientes por semana devem ser afetados pela paralisação na produção de insumos por parte do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen).

De acordo com Wilson Furlan Alves, coordenador do departamento de Medicina Nuclear do hospital, o último carregamento que a unidade recebeu permite a continuação do atendimento para esta semana. A partir da próxima semana, não há garantia da assistência.

Ele explica que a suspensão prejudica principalmente pessoas que precisam fazer algum tipo de exame, uma vez que o Tecnécio, utilizado para realizar a maioria das cintilografias, está entre os materiais adquiridos pelo hospital por meio do Ipen. Porém, o coordenador ressalta que outros materiais radioativos usados no tratamento de pacientes também podem faltar.

“É um número grande de pacientes que serão prejudicados por semana caso não recebamos os insumos. Na próxima semana, a gente não vai conseguir fazer os exames desses pacientes. Esses pacientes vão começar a ser avisados ainda nesta semana”, disse.

A suspensão na fabricação de radiofármacos e radioisótopos foi anunciada no último dia 14 de setembro pelo órgão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do governo federal.

A entidade alegou falta de verba após corte de 46% do valor repassado pela União. Na segunda-feira (20), um último carregamento dos produtos fabricados foi entregue.

No ano passado, o valor repassado ao órgão foi de R$ 165 milhões. Neste ano, até agosto, o instituto recebeu pouco mais de R$ 91 milhões.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp