10/12/2020 às 11h00min - Atualizada em 10/12/2020 às 11h00min

Aliado de Bolsonaro na Bolívia vira réu por participação no golpe contra o ex-presidente Evo Morales

O Ministério Público da Bolívia acatou uma denúncia contra o empresário e líder político de extrema-direita Luis Fernando Camacho pela atuação dele no golpe contra Evo Morales.

O Ministério Público da Bolívia acatou nessa quarta-feira (9) uma denúncia contra o empresário e líder político de extrema-direita Luis Fernando Camacho pela participação dele no golpe contra o então presidente Evo Morales, no dia 10 de novembro de 2019.

O procurador Omar Mejillones afirmou que “os documentos apresentados justificam uma investigação profunda contra seis figuras apontadas como principais responsáveis pelos acontecimentos”.

Camacho chegou a invadir o Palácio Quemado (sede do Executivo boliviano) com uma bíblia, após as Forças Armadas obrigarem Evo Morales a renunciar.

O outro civil denunciado pelo Ministério Público é o também empresário José Luis Camacho, pai de Luis Fernando e também empresário do setor agropecuário.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp