13/01/2020 às 02h06min - Atualizada em 13/01/2020 às 02h06min

Vigilantes da CPTM são agredidos a pedradas por ambulantes na estação Pirituba da Linha 7-Rubi

Ambulantes também atiraram pedras contra a composição e fugiram. Estação faz parte do convênio da CPTM com a PM para reforçar a segurança no local.

Três vigilantes da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ficaram feridos após serem agredidos com pedradas jogadas por ambulantes na Estação Pirituba da Linha 7-Rubi, na Zona Norte de São Paulo - SP, na noite do sábado (11).

A Estação Pirituba da Linha 7-Rubi integra o convênio firmado pela CPTM com a Polícia Militar (PM) para reforçar a segurança no local. A companhia e o Sebrae desenvolveram um projeto piloto para capacitar vendedores ambulantes que atuam nos trens e estações da empresa. Inicialmente, o curso receberá 48 alunos. As vagas estão esgotadas.

Segundo a CPTM, a reação violenta dos ambulantes começou após os vigilantes terem feito “apreensões de mercadorias comercializadas irregularmente em um trem da Linha 7-Rubi”. Em nota, a companhia informou que três vigilantes foram agredidos pelo grupo de ambulantes, por volta das 22h50.

Ainda de acordo com a nota, “os ambulantes também atiraram pedras contra a composição e fugiram. Os vigilantes foram encaminhados para o PS da Barra Funda e um deles foi transferido para a Santa Casa. Todos já tiveram alta”.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que cinco vigilantes “faziam a ronda quando desembarcaram cerca de 50 ambulantes que começaram a depredar o vagão do trem. Na ocasião, três indivíduos foram para cima dos vigilantes e os agrediram com socos e chutes”.

Um dos vigilantes ficou mais ferido e foi levado para o Pronto-Socorro da Santa Casa, onde foi medicado e liberado. Ele deverá passar por exame no Instituto Médico Legal (IML).

O caso foi registrado como lesão corporal e dano qualificado no 33º DP (Pirituba) e será encaminhado ao 87° DP para investigação.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp