27/12/2021 às 16h48min - Atualizada em 27/12/2021 às 16h48min

Programa Nacional de Imunizações (PNI) brasileiro está abandonado há cinco meses

O órgão do Ministério da Saúde está sem coordenação desde 7 de julho, quando a diretora Franciele Fontana Fantinato deixou o cargo.

Redação
O governo de Jair Bolsonaro (PL) segue dando demonstrações de descaso no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Com o Brasil registrando 620 mil mortes e mais de 22 milhões de infectados, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) nesse momento, responsável pelo controle das doenças no Brasil, está abandonado há meses pelo Ministério da Saúde.
 
O órgão está sem coordenação desde 7 de julho, quando a diretora Franciele Fontana Fantinato deixou o cargo. O médico pediatra Ricardo Gurgel chegou a ser nomeado para cargo no dia 7 de outubro, mas teve sua posse impedida devido a seu posicionamento favorável às vacinas.
 
Programa Nacional de Imunizações já tornou o Brasil uma referência mundial no assunto. Antes da Covid-19, o PNI costumava distribuir 300 milhões de doses de vacina anualmente.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp