21/12/2021 às 15h51min - Atualizada em 21/12/2021 às 15h51min

Onfly parte para aquisição de agências de viagens e parcerias para atingir R$ 40 milhões até final de 2021

Expectativa é que a empresa sane ineficiências do mercado de viagens corporativas por meio de tecnologia de ponta e atendimento premium.

Redação
A Onfly, travel tech mineira voltada à gestão de viagens corporativas, anuncia a abertura de investimentos no mercado de turismo, principalmente na aquisição de agências de viagens e em parcerias com empresas do segmento.
 
O intuito é acelerar o crescimento – a startup pretende atingir R$ 40 milhões de volume transacionado somente neste ano -  através da ampliação da carteira de clientes, que englobam corporações de diversos segmentos que, recorrentemente, contratam viagens aos seus colaboradores e, assim, sanar ineficiências que o mercado possui com a falta de digitalização de seus processos.
 
“Apesar da tecnologia ter se tornado indispensável para algumas pessoas no momento de agendar uma viagem, muitas ainda se programam "à moda antiga". Com os investimentos realizados, pretendemos crescer e levar nosso sistema a um número maior de empresas, tornando cada vez mais prática e eficiente o método de agendamento de passagens, hotéis, aluguel de carros e até mesmo o reembolso”, explica Marcelo Linhares, CEO da Onfly.
 
Recentemente, a startup fechou parceria com uma empresa do Espírito Santo, para gerenciar sua carteira de clientes corporativos e está em fase de negociação para aquisição de outras duas agências de viagens.
 
“Nosso foco está em agências mais convencionais do setor, que não utilizam tanto a tecnologia, mas que possuam uma boa carteira de clientes. Assim, entramos na parceria com a oferta de ferramentas tecnológicas que gerem agilidade, praticidade e economia na contratação de viagens corporativas”, salienta Linhares.
 
Nessa linha, recentemente, a startup lançou um cartão corporativo para acabar com o reembolso de despesas em viagens, em formato físico e virtual, a ser utilizado pelos colaboradores das empresas atendidas pela Onfly em suas respectivas viagens a trabalho, além de suas atividades do dia a dia, representando uma solução completa de gerenciamento de orçamento e despesas.
 
Há também a plataforma “Tudo em Um”, onde gestão de reembolso e viagens são feitas em um único canal. Do cafezinho que o colaborador toma no aeroporto, passando pelo trajeto de Uber ou 99, e culminando na reserva de hotel e compra de passagem aérea, tudo fica consolidado em um único lugar, facilitando o acesso aos dados e a tomada de decisão.
 
E, uma vez que a retomada das atividades de viagens e turismo pós-Covid-19 está sendo acompanhada de uma disruptura provocada pela indispensável digitalização, depois de registrar faturamento de R$ 8,5 milhões em 2020, a expectativa é fechar 2021 com um crescimento cinco vezes maior.
 
Histórico
A Onfly, travel tech que permite que empresas e funcionários façam reservas de voos e hospedagens de forma on-line, trabalhando a gestão de despesas e de viagens em uma única plataforma, começou as suas atividades em setembro de 2018. Seu ápice em negócios fechados se deu em fevereiro de 2020, com R$ 1,650 milhão. Com a pandemia e a adoção de medidas restritivas, os cancelamentos começaram e em abril a startup registrou movimentação de R$ 14 mil. A demanda pela intermediação eletrônica de viagens corporativas começou a melhorar a partir de maio e alcançou o patamar de R$ 1 milhão em novembro do ano passado.
 
No mês de agosto, com 160 clientes recorrentes, a empresa bateu recorde de R$ 4,8 milhões de reservas transacionadas.
 
Mais Informações:
www.onfly.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp