17/12/2021 às 23h23min - Atualizada em 17/12/2021 às 23h23min

Para 70%, Alckmin vice não muda intenção de voto em Lula, mostra Datafolha

Para 16%, chapa com ex-governador de São Paulo e ex-presidente da República aumenta chance de voto. Outros 11% dizem que reduz. Pesquisa ouviu 3.666 pessoas com mais de 16 anos dos dias 13 a 16 de dezembro.

Redação
Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta sexta-feira (17) mostra que, para 70% dos entrevistados, não faz diferença nas intenções de voto ter o ex-governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin como vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na chapa para a eleição presidencial de 2022.
 
Veja os resultados da pesquisa:
  • Aumentaria a chance de votar em Lula: 16%
  • Diminuiria a chance de votar em Lula: 11%
  • Não faria diferença na chance de votar em Lula: 70%
  • Não sabe: 4%
A pesquisa ouviu 3.666 pessoas com mais de 16 anos dos dias 13 a 16 de dezembro em 191 municípios brasileiros. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.
 
De acordo com o Datafolha, entre os eleitores declarados de Lula, 24% acreditam que Alckmin reforçaria a intenção de voto. Já 9% dizem ter menos chance de votar caso seja feita a aliança.
 
Entre os que declaram voto em Jair Bolsonaro (PL), 4% afirmam que a chapa aumenta as chances de escolher Lula. E 9% dizem que há uma menor chance de votar na aliança.
 
Nos últimos dias, tem sido levantada a possibilidade de uma possível chapa com Alckmin e Lula para a Presidência da República. O ex-governador de São Paulo se desfiliou do PSDB na quarta-feira (15) após mais de 33 anos no partido. Em sua conta no Twitter, ele anunciou a despedida e o “novo tempo”.
 
Segundo o Datafolha, no entanto, a maioria das pessoas não está informada a respeito da potencial aliança. Somente 32% dos entrevistados dizem ter conhecimento do tema, dos quais 12% afirmam estar bem informados, 15% mais menos e 5%, mal.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp