06/12/2021 às 15h54min - Atualizada em 06/12/2021 às 15h54min

Evite esses erros ao estudar nesse fim de ano

O estresse aumenta e prejudica o desempenho. Caso deseje uma aprovação, aceite que você não é uma máquina. Seja gentil com você, tenha paciência e se dedique e tudo vai dar certo.

Leonardo Chucrute
Foto: Leonardo Chucrute/Diretor-geral do Colégio e Curso ZeroHum
Tanto os universitários, quanto os concurseiros e vestibulandos devem estar atentos a algumas atitudes para não sair do eixo na hora dos estudos. Apesar do Enem já ter acabado, o ano letivo não acabou. É importante estar atento a essas dicas para garantir um melhor desempenho em provas ou concursos nesse fim de ano.
 
Um erro bastante comum é não se planejar. É muito importante planejar sua rotina, pois ao se organizar, você consegue aumentar o seu foco e aproveitar melhor o seu tempo dividindo momentos de estudo, descanso e lazer. Não é aconselhado estudar 24 horas por dia, buscando uma performance perfeita.


Também não cometa o erro de deixar de estudar matérias que não gosta ou tem dificuldade. Procure buscar gatilhos que te deem motivação para aprender aquele assunto. Busque ajuda de amigos, do professor ou até mesmo no Youtube. Na internet encontramos diversos assuntos abordados de maneira considerada mais leve e descontraída. Só tenha o cuidado de estudar em fontes confiáveis.
 
Não tenha medo de errar. O medo pode te paralisar e gerar ansiedade. Muitos têm o receio de não conseguir fazer a prova no tempo determinado. Se é o seu caso, faça outras provas do concurso para saber administrar o tempo e se familiarizar com a prova. Se o medo for de ter branco, e se isso acontecer durante a prova respire fundo, beba água ou vá ao banheiro, assim você tira o seu foco de não estar lembrando aquele assunto.
 
Mais um erro é não aprender como relaxar em situações estressantes. Use técnicas de relaxamento para não deixar que os problemas te atrapalhem ou sejam uma distração no momento de estudar. Dessa forma você vai estudar bem e mais focado.
 
É normal se sentir cansado após um ano de tantas incertezas. O desânimo e o esgotamento mental acabam ficando mais evidente nesse fim de ano.
 
Outro erro é ignorar se estiver sentindo esgotamento mental por causa do perfeccionismo. Nada em exagero faz bem. O perfeccionismo na hora dos estudos gera um desequilíbrio emocional que, se não for bem tratado, afeta até o seu corpo. O estresse aumenta e prejudica o desempenho. Caso deseje uma aprovação, aceite que você não é uma máquina. Seja gentil com você, tenha paciência e se dedique e tudo vai dar certo.
 
Leonardo Chucrute é diretor-geral do Colégio e Curso ZeroHum, Professor de matemática, ex-cadete da AFA e autor de livros didáticos.
 
 
 
 
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp