29/11/2021 às 15h52min - Atualizada em 29/11/2021 às 15h52min

Eu Tenho Voz é apresentado na EMEB Ivo de Bona, em Jundiaí – SP

No retorno dos encontros presenciais desde a pandemia, em 4 apresentações de novembro, projeto recebeu 33 denúncias de alunos.

Redação
Na sexta-feira (26), a promotora de Justiça Wanderléia Lenci e a procuradora do Estado Teresa Kodama (aposentada) representaram  o Instituto Paulista de Magistrados (IPAM) na 4ª apresentação presencial deste ano do Projeto Eu Tenho Voz, realizado na EMEB Ivo de Bona, em Jundiaí – SP. Participaram também a diretora da escola, Isa Régia, e a vice-diretora, Aline Magalhães. Desde o início das apresentações presenciais, em 8 de novembro, já foram feitas 33 denúncias.
 
Cerca 1.200 alunos, do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental I, assistiram a peça “Marcas da Infância”, especialmente criada pela Cia NarrAr Histórias Teatralizadas, com os atores Patrícia Torres, Vânia Lima, Daniela Cavagis e Fabrício Zava, e que conta histórias sobre violência doméstica e sobre abuso sexual contra meninas e meninos.
 
As promotoras explicaram aos alunos que “é importante fazer denúncia sobre qualquer tipo de abuso, seja ele uma violência física ou sexual” e reiteraram que “o abusador sabe que faz algo errado e por essa razão ameaça sua vítima para não ser punido”. Ambas orientaram as crianças sobre a rede de proteção que existe e deve ser acionada, informando os canais para pedir ajuda.
 
Em um depoimento em vídeo, a diretora Isa Régia falou sobre a importância de o projeto Eu Tenho Voz ter chegado à sua escola. Assista aqui .
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp