10/12/2019 às 13h19min - Atualizada em 10/12/2019 às 13h19min

Bruno Covas inicia quarta sessão de quimioterapia em hospital de São Paulo

Tratamento é contra um câncer na transição entre o esôfago e o estômago. Prefeito deve completar oito sessões do tratamento. Hipótese cirúrgica segue descartada.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) iniciou, nesta terça-feira (10), a quarta sessão de quimioterapia para tratar câncer na transição entre o esôfago e o estômago. O tratamento deve durar quatro meses com o total de oito ciclos de quimioterapia infusional no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo - SP.

A duração prevista do procedimento é de 30 horas e o prefeito tem despachado do hospital durante a internação.

O tumor de Bruno Covas na cárdia - região entre o esôfago e o estômago - regrediu, e o prefeito da cidade de São Paulo deve fazer mais cinco sessões de quimioterapia, informou o infectologista David Uip na segunda-feira (9). A lesão no fígado também está tendo uma resposta expressiva, de acordo com a equipe médica. O tratamento quimioterápico ainda deve durar quatro meses.

Em entrevista coletiva no hospital Sírio Libanês, na Bela Vista, região central de São Paulo, a equipe médica afirmou que Covas deve ter alta após cada sessão de quimioterapia, com duração de 30 horas. Ao todo, o prefeito já fez três sessões, sendo a última no dia 26 de novembro.

Covas voltou a ser internado, na noite de domingo (8), para realizar exames e passar por uma nova avaliação médica para definir as próximas etapas do tratamento contra o câncer na cárdia, região entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado.

Covas fez três exames fez entre domingo e segunda-feira: uma endoscopia, uma ressonância e o PET-CT.

A hipótese cirúrgica, segundo os médicos, segue descartada. O tratamento seguirá o cronograma inicial, de acordo com David Uip.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp