20/11/2021 às 12h45min - Atualizada em 20/11/2021 às 12h45min

Museu Afro Brasil tem programação especial e entrada gratuita no Dia da Consciência Negra

Localizado no Parque do Ibirapuera, o museu terá apresentações de grupos de chorinho, em tributo a Pixinguinha, e da Orquestra Performática, além de acesso gratuito a cinco exposições temporárias em cartaz e ao acervo geral neste sábado (20).

Redação
Em celebração ao Dia da Consciência Negra, neste sábado (20), o Museu Afro Brasil, localizado no Parque Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo – SP, terá uma programação especial e entrada gratuita durante todo o dia.
 
As atividades especiais incluem apresentações, na marquise, de grupo de chorinho em tributo a Pixinguinha e da Orquestra Performática, além de acesso gratuito às cinco exposições temporárias em cartaz e ao acervo geral do museu.
 
Segundo a administração do espaço, a partir das 12h haverá a apresentação do projeto Pequeno Circo do Choro, que realiza ocupações culturais em espaços públicos de São Paulo. Os oito integrantes farão uma roda de choro em homenagem a Pixinguinha, um dos grandes compositores da música popular brasileira.
 
“O grupo circulará em cortejo musical, partindo da área interna do museu e seguindo até a área externa, convidando o público a sentir a música com o corpo, a dançar e caminhar ao sentimento e embalo do choro, do maxixe, da marcha, do samba, da valsa, entre outras composições do universo de Pixinguinha”, diz texto de apresentação do evento.


 Outras atrações
Um pouco antes, às 11h, o educador Wasawulua Daniel trará ao público, também na marquise do Museu Afro Brasil, histórias e brincadeiras originárias da República Democrática do Congo, ensinando danças e canções em lingala e outras línguas da região.
 
Às 15h, haverá a apresentação da Orquestra Performática, criada em 1981 pelo artista José Roberto Aguilar, como, segundo ele próprio “uma espécie de ícone transgressivo que aconteceu na contracultura daquele momento”. A banda mescla performance musical, poesia, pintura e dança.
 
O público também poderá conferir, gratuitamente, a exposição temporária “Terra em Transe”, uma mostra que reúne cerca de 600 obras de 60 fotógrafos de todo o país e discute temas viscerais do Brasil, trazendo à tona retratos das injustiças sociais, raciais e políticas.
 
A mostra, que teve uma primeira edição em 2018 durante o Solar Foto Festival, no Ceará, foi atualizada pelo curador Diógenes Moura para a nova exibição no Museu Afro Brasil, com a adição de temas como as queimadas no Pantanal e na Amazônia, o incêndio na Cinemateca, o desastre ambiental de Brumadinho e a tragédia social do país. Terra em Transe permanecerá em exibição no Museu Afro Brasil até 18 de dezembro.
 

Também será possível visitar a exposição de arte e cultura indígenas “Heranças de um Brasil Profundo”, que tem o encerramento previsto para este domingo (21).
 
Estão ainda em cartaz as exposições “Frida Orupabo” – em correalização com a 34ª Bienal, “Embyra” e “Design e Tecnologia no Tempo da Escravidão”.
 
A programação especial do museu para o Dia da Consciência Negra também inclui, a partir das 11h30, participação em painel temático na “I Expo Internacional da Consciência Negra”.
 
O painel contará com representantes do Museu Afro Brasil e do Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americana de Washington e discutirá as conquistas e os desafios na preservação da cultura preta como instrumento de combate ao racismo estrutural no Brasil e nos EUA.
 
“O 20 de novembro é uma data significativa para a consciência de todos, brancos e pretos desse país. Nesse dia, vamos homenagear o grande músico Alfredo da Rocha Vianna Filho, o Pixinguinha, com um espetáculo de choro. Esperamos que o público venha celebrar conosco a magnitude dessa data inclusiva, no momento em que a desigualdade e o racismo ainda são uma grave doença nacional”, afirmou o diretor do Museu Afro Brasil, Emanoel Araújo.
 
Serviço:
Museu Afro Brasil – Parque Ibirapuera (Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n°), próximo ao portão 10. O estacionamento pode ser acessado pelo portão 3.
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h (permanência até 18h).
Entrada gratuita neste sábado.
Mais informações: www.museuafrobrasil.org.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp