17/11/2021 às 15h12min - Atualizada em 17/11/2021 às 15h12min

Cidade de São Paulo – SP divulga datas de aplicação da dose de reforço da vacina contra Covid-19 nos adultos

Capital começa a imunizar nesta quinta-feira (18) adultos com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose até o dia 27 de abril.

Redação
A Prefeitura de São Paulo – SP divulgou nesta quarta-feira (17) o cronograma de aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em maiores de 18 anos, com intervalo de cinco meses após o esquema vacinal completo.
 
A partir desta quinta-feira (18): adultos com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose da vacina até o dia 27 de abril poderão receber a imunização complementar;
A partir desta sexta-feira (19), serão vacinados com o reforço aqueles que tomaram a D2 até o dia 17 de junho
 
Nesta quinta-feira, também começam a receber o reforço os professores com mais de 40 anos e profissionais de saúde que tomaram a segunda dose há cinco 5 meses.
 
Segundo o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, a cidade têm disponível doses da Pfizer para iniciar a vacinação desses grupos.
 
Ainda de acordo com o secretário, a capital está perto de atingir 100% da população adulta com a vacinação completa.
 
“Nós já chegamos a 98% da população adulta com a segunda dose na capital. E agora também a redução para 21 dias dos adolescentes com mais de 12 anos, nós vamos, seguramente, alcançar nos próximos 15/20 dias a vacinação total dos adolescentes com mais de 12 com a 2ª dose da vacina”.
 
Ministério da Saúde
A recomendação do Ministério da Saúde é para que os postos de saúde combinem diferentes tecnologias de vacina, ou seja, usem vacinas diferentes das que foram aplicadas anteriormente.
 
No Brasil, quatro já foram aprovadas e incorporadas ao Plano Nacional de Imunização (PNI). São elas: AstraZeneca (vetor viral), CoronaVac (vírus inativado), Janssen (vetor viral) e Pfizer (RNA).
 
As quatro também já tiveram o uso emergencial concedido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
 
De acordo com dados da Secretaria Municipal da Saúde, a Pfizer, imunizante que será utilizado como dose de reforço, corresponde a 95% do estoque disponível no serviço municipal de imunização.
 
Nesta terça-feira (16), o Ministério da Saúde anunciou a redução do intervalo de seis para cinco meses após o esquema vacinal completo.
 
Além disso, a partir de agora, a dose adicional está liberada para qualquer pessoa com mais de 18 anos. Antes, apenas idosos e imunossuprimidos e profissionais de saúde estavam autorizados.
 
O governo federal também anunciou que, após dois meses da primeira dose, vacinados com Janssen já poderão tomar outra aplicação da mesma vacina.
 
O estado de São Paulo aguarda envio de doses para definir como vai seguir novas diretrizes para o imunizante.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp