04/11/2021 às 21h40min - Atualizada em 04/11/2021 às 21h40min

Ricardo Nunes diz que aumento da tarifa de ônibus em 2022 na cidade de São Paulo “é inevitável” após alta no preço do diesel

Prefeito de São Paulo culpou o governo Jair Bolsonaro (Sem Partido) pelo aumento dos combustíveis dizendo que “o governo federal não conseguiu conter” as constantes elevações.

O prefeito de São Paulo – SP, Ricardo Nunes (MDB), sinalizou nesta quinta-feira (4) que vê como “inevitável” o aumento da tarifa de ônibus na capital paulista a partir do ano que vem.

Nunes afirmou que a alta do preço do diesel deve pressionar o aumento da tarifa em 2022, caso os valores não voltem ao patamar de antes da pandemia.

“Se o preço do óleo diesel voltar ao patamar que estava no início do ano, a gente não vai ter aumento. Agora, a tendência é que o diesel feche o ano com aumento de 60%. É praticamente impossível você não ter isso refletido na tarifa”, declarou o prefeito em entrevista à Rádio Eldorado.

O prefeito reclamou do governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), a quem culpou pelo aumento dos combustíveis dizendo que “o governo federal não conseguiu conter” as elevações do valor do diesel.


“Era muito importante não ter aumento de tarifa, mas quando você tem o aumento do diesel que o governo federal não conseguiu conter... A gente ouviu muito discurso anteriormente, mas, na prática, isso não tá acontecendo, é natural que você acabe levando isso para o preço da tarifa. Ou aumentar o subsídio”, declarou.

O valor da tarifa atualmente na cidade é de R$ 4,40 e está congelado há dois anos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp