06/12/2019 às 13h15min - Atualizada em 06/12/2019 às 13h15min

PSDB assume que é de direita e vai buscar eleitorado bolsonarista

O PSDB, que exibe no nome a expressão “social democracia”, vai assumir sua condição de partido do campo da direita, em busca de aproximação e cooptação do eleitorado bolsonarista. Redução da maioridade penal e fim da estabilidade de servidores são algumas das bandeiras que o partido de FHC, Alckmin, Aécio e Doria pretende adotar no congresso que realiza neste sábado.

O congresso do PSDB neste sábado (7) em Brasília - DF fará acenos ao eleitorado bolsonarista.

A maioria dos filiados tucanos, consultados em prévia pela internet, se mostrou favorável ao ensino pago em universidades públicas, à redução da maioridade penal para 16 anos e a demissão de servidores públicos.

Segundo a coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo, temas como estes estarão em debate no congresso tucano e devem se refletir no documento do encontro, base programática do partido para os próximos anos.

Assumindo sua condição de partido neoliberal, o PSDB também defenderá as reformas econômicas do governo Bolsonaro, dizendo que são uma continuação da agenda implementada pelos tucanos no passado.

Para contornar críticas e manter acenos ao centro, os tucanos vão fazer discursos em defesa da democracia e contra falas radicais, que flertam com a volta da ditadura.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp