01/12/2019 às 22h23min - Atualizada em 01/12/2019 às 22h23min

Com gritos de “assassinos”, moradores de Paraisópolis protestam contra “emboscada da PM” em baile funk

Centenas de pessoas protestaram neste domingo (1°), pelas ruas de Paraisópolis, contra a ação da PM em um baile funk que resultou na morte de nove pessoas pisoteadas. Em parte do trajeto, encontraram com policiais e o clima ficou mais tenso. “Assassinos, assassinos”, gritavam.

Centenas e moradores da comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo - SP, protestaram pacificamente neste domingo (1°), contra a atuação da Polícia Militar (PM) em um baile funk da comunidade que resultou na morte de nove pessoas pisoteadas.

Durante a manifestação, os moradores cantaram um trecho de um funk clássico. “Eu só quero é ser feliz, andar tranquilamente na favela onde eu nasci”, entoaram. Em parte do trajeto, encontraram com policiais e o clima ficou mais tenso. “Assassinos, assassinos”, gritavam. No entanto, não houve conflito.

À Folha de S. Paulo, uma das moradoras mais antigas de Paraisópolis, Zita Oliveira, 62, diz que a população quer paz. Ela pretende fazer um protesto contra o ocorrido. “Como ficam as mães dos que morreram? Eles [policiais] não tem consciência do que eles fazem? A gente só quer paz”, afirmou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp