05/07/2021 às 11h31min - Atualizada em 05/07/2021 às 11h33min

Comércios do centro e bairros de Jundiaí – SP podem funcionar até as 18h no sábado (10/07)

Na sexta-feira (09/07), feriado da Revolução Constitucionalista, poderão funcionar as lojas que solicitaram abertura ao Sincomercio com antecedência.

O comércio varejista do centro e dos bairros de Jundiaí – SP poderá funcionar até as 18h neste dia 10 de julho, o primeiro sábado do mês após o quinto dia útil. De acordo com Edison Maltoni, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL), a abertura em horário estendido representa uma boa oportunidade para os lojistas apostarem nas vendas de produtos mais utilizados no inverno, como roupas (agasalhos, jaquetas, casacos); calçados, botas e demais acessórios, como luvas, gorros e meias.

Entre os produtos da estação mais fria do ano também estão os itens para casa aquecedores, cobertores e mantas; roupas de cama e tapetes. “O inverno é uma estação de oportunidades para o comércio. É hora de aproveitar as necessidades impostas pela queda das temperaturas, com a comercialização de artigos específicos para essa época e de maior valor agregado”, pontua Maltoni.

Além do comércio, ele ressalta que o inverno também é uma excelente época para o setor de alimentação com apostas em diferenciais nos cardápios, oferta de caldos, sopas, bebidas, entre outros. “A CDL e o Sincomercio sempre orientam seus associados e contribuintes para este momento no comércio. É hora de usar a criatividade para atrair os consumidores, estimular as vendas e atrair novos clientes.”

Feriado

Na sexta-feira (09/07), feriado da Revolução Constitucionalista, poderão funcionar as lojas que solicitaram abertura ao Sincomercio com antecedência. Na data, é necessário atender os requisitos da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e respeitar os protocolos sanitários vigentes. A solicitação de abertura dever ser feita com antecedência ao Sincomercio pelo site www.sincomerciojundiai.com.br Em caso de dúvidas, entrar em contato pelo telefone (11) 4583-1410.

Vacinação e protocolos sanitários

As medidas de prevenção contra o Coronavírus e a preocupação das autoridades sanitárias com o crescimento dos casos ativos de Covid-19 em Jundiaí tem feito com que os comerciantes, entidades representativas de classe e a Prefeitura de Jundiaí intensifiquem as campanhas de orientação à comunidade. Diante da retomada de todas as atividades econômicas, Edison Maltoni, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL) reforça a importância do diálogo entre a entidade, os lojistas e o Poder Público.

“Medidas individuais e ações coletivas estão sendo estimuladas pelo governo municipal como ferramentas para estimular a vacinação de toda população, o respeito aos protocolos sanitários e outras medidas para frear a velocidade de propagação do vírus. O comércio tem feito e praticado todas as regras de prevenção estabelecidas pelos decretos sanitários. A população também precisa colaborar e fazer a sua parte para superarmos este momento. Reforçamos a importância de todos aceitarem a vacina disponível e tomarem a segunda dose, quando necessário”, afirma Maltoni.

Nos estabelecimentos comerciais, a parceria entre os lojistas e o Sincomercio e CDL tem surtido efeitos positivos. “Desde o início da pandemia, prestamos um serviço de apoio e orientação aos nossos contribuintes e associados, disponibilizando materiais informativos, placas de aviso, totens de álcool em gel, máscaras, esclarecemos dúvidas e orientamos sobre os protocolos sanitários que devem ser seguidos assim como questões trabalhistas. Nas lojas há os avisos sobre a prevenção e como deve ser o comportamento do consumidor”, comentou ele, destacando que os cuidados dos empresários e comerciantes iniciam já antes de o consumidor entrar no estabelecimento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp