26/05/2021 às 13h04min - Atualizada em 26/05/2021 às 13h04min

CPI da Pandemia aprova convocação de 9 governadores e volta de Pazuello e Queiroga

O critério de escolha dos governadores pelos membros da CPI foi definido pelos locais onde houve operações da Polícia Federal para investigar denúncias de má gestão de verbas públicas destinadas ao combate à pandemia. O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga, também foram reconvocado.

A CPI da Pandemia no Senado aprovou nesta quarta-feira (26) requerimentos para convocar 9 governadores para prestar esclarecimentos sobre a gestão da pandemia. O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e o atual titular da pasta, ministro Marcelo Queiroga, também foram reconvocados pela Comissão.

Wilson Lima (PSC), do Amazonas, Helder Barbalho (MDB), do Pará, Ibaneis Rocha (MDB), do Distrito Federal, Mauro Carlesse (PSL), do Tocantins, Carlos Moisés (PSL), de Santa Catarina, Waldez Góes (PDT), do Amapá, Wellington Dias (PT), do Piauí, Marcos Rocha (PSL), Rondônia e Antônio Denarium (Sem Partido), de Roraima, foram os governadores convocados pela CPI.

A vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr (Sem Partido) e o ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, também foram convocados.

Witzel sofreu processo de impeachment e está afastado do cargo. Já o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), foi absolvido no processo de impeachment e retornou ao cargo, após meses afastado.

A CPI aprovou também requerimento para convocar profissionais de Saúde que defendem e que não defendem o uso da cloroquina.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp