São Paulo confirma mais uma morte por sarampo e número chega a 14 no estado em 2019

Nova vítima é uma menina de 1 ano e 10 meses. Segunda etapa de vacinação começará no dia 18 de novembro.

Por Redação em 07/11/2019 às 19:47:45

A Secretaria Estadual da Saúde confirmou nesta quarta-feira (6) mais uma morte por sarampo em São Paulo. No total, 13 pessoas já morreram no estado por complicações da doença em 2019. Não se morria de sarampo em São Paulo desde 1997.

A nova vítima é uma menina de 1 ano e 10 meses, da cidade de Limeira - SP.

Bebês entre 6 meses e menores de 12 meses são considerados mais vulneráveis a casos graves e óbitos, e representa cerca de 15,3% do total de casos registrados em São Paulo. A vacinação para essa faixa etária continua sendo ofertada pelo estado de São Paulo.

A secretaria também divulgou o novo balanço de casos confirmados da doença no estado. Até o momento, há 8.516 confirmações laboratoriais. Após orientação do Ministério da Saúde, agora também são confirmados casos com base na avaliação clínica (sintomas e avaliação médica), somando outros 2.579 casos. No total, são 11.095 casos de sarampo confirmados neste ano no estado.

Cerca de 56,2% do total se concentra na capital (são 6.235, somando confirmações laboratoriais e clínicas).

Entre 18 e 30 de novembro, acontecerá a segunda fase da campanha, focada em jovens de 20 a 29 anos. A primeira etapa aconteceu entre os dias 7 e 25 de outubro e imunizou cerca de 400 mil crianças.

Mesmo sem campanhas específicas, pessoas de todas as idades podem procurar as Unidades Básicas de Saúde para regularizar a carteirinha de vacinação gratuitamente. A secretaria afirma que apenas em quem tiver alguma pendência será vacinado.

A recomendação para as mães de crianças com idade inferior a 6 meses - que não podem tomar a vacina - é evitar exposição a aglomerações, manter higienização adequada, ventilação de ambientes, e sobretudo que procurem imediatamente um serviço de saúde diante de qualquer sintoma da doença.

Os sintomas da doença podem ser: manchas vermelhas pelo corpo, febre, coriza, conjuntivite e manchas brancas na mucosa bucal.

Comentários

Anuncie Aqui 1