26/03/2021 às 16h55min - Atualizada em 26/03/2021 às 16h55min

The Economist: má gestão da pandemia por parte do governo Bolsonaro é uma ameaça ao mundo

A revista inglesa publicou um texto condenando o governo Bolsonaro pelo agravamento da situação da pandemia no Brasil. Segundo ela, “Jair Bolsonaro tem muito a responder. Suas ações são ruins para o Brasil - e para o mundo”.

A revista inglesa The Economist publicou um texto em sua mais recente edição condenando a má gestão da pandemia da Covid-19 por parte do governo Bolsonaro.

“A seriedade, assim como os bloqueadores musculares, está em falta”, diz o texto, que cita os diversos momentos onde o presidente defendeu tratamentos sem comprovação científica, protestou contra bloqueios e tentou impedir a divulgação de dados sobre a pandemia.

Bolsonaro é uma “ameaça à saúde dos brasileiros”: “Em 23 de março, quando o número de mortes diárias atingiu o recorde de 3.158, Bolsonaro foi à televisão para se gabar do progresso da vacinação no Brasil. No entanto, enquanto o distanciamento social for necessário, o presidente continuará sendo uma ameaça à saúde dos brasileiros. Ele entrou com ações no Supremo Tribunal Federal contra três estados, incluindo a Bahia, que reforçaram os bloqueios”.

A revista destaca ainda o avanço da variante brasileira P1, que é até duas vezes mais transmissível e reinfecta de 25 a 61% daqueles que tiveram Covid-19.

E conclui: “Jair Bolsonaro tem muito a responder. Suas ações são ruins para o Brasil - e para o mundo”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp