12/03/2021 às 10h50min - Atualizada em 12/03/2021 às 10h50min

“Bolsonaro nos traiu”, diz policial que agora lidera manifestações contra o governo

“Na campanha, o Bolsonaro tinha um perfil e posicionamento a favor do policial, de valorizar e defender a categoria. Mas, na primeira oportunidade, ele nos traiu ao nos incluir na Reforma da Previdência”, afirmou o presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF).

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e um dos líderes da União de Policiais do Brasil, Dovercino Neto, que hoje é um dos principais engajadores na oposição contra o governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido), diz que se sente traído pelo ex-capitão e ameaça uma paralisação nacional da categoria nos próximos dias. A reportagem é da BBC Brasil.

“Na campanha, o Bolsonaro tinha um perfil e posicionamento a favor do policial, de valorizar e defender a categoria. A grande maioria dos policiais acreditou nesse discurso. Mas, na primeira oportunidade, ele nos traiu ao nos incluir na Reforma da Previdência”, afirmou Neto.

Hoje, ele disse que o segundo golpe está a caminho, com a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

“Fiz campanha, falei para os meus amigos e família votarem no Bolsonaro porque ele ajudaria nossa categoria, seria a favor da segurança e contra a corrupção. A gente se mobilizou, buscou voto. Tudo isso caiu porque ele não nos enxergou depois de eleito, não nos considerou. Para ele, a gente não existe”, acrescentou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp