17/02/2021 às 11h06min - Atualizada em 17/02/2021 às 11h06min

Serrana - SP, inicia vacinação em massa contra a Covid-19 em estudo inédito do Butantan

Primeiros voluntários moram na região verde e receberão as doses entre esta quarta-feira (17) e domingo (21). Expectativa é que 30 mil moradores sejam vacinados; imunização começa oficialmente às 14h e 5h antes da aplicação já tinha idoso na fila.

Serrana - SP inicia, nesta quarta-feira (17), a vacinação em massa contra a Covid-19 em voluntários da cidade cadastrados para um estudo clínico inédito do Instituto Butantan. A pesquisa vai avaliar a eficiência da CoronaVac na diminuição da taxa de transmissão do vírus.

Os pesquisadores também querem identificar o impacto nas internações, nas mortes e no tempo que a cidade vai demorar para alcançar a imunidade de rebanho.

Uma cerimônia às 9h, na Escola Municipal Professora Maria Celina Walter de Assis, está marcada para dar início ao projeto. Participam do evento o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, o prefeito de Serrana, Leonardo Capitelli (MDB), e outras autoridades.

As primeiras doses da CoronaVac estão previstas para serem aplicadas a partir das 14h nas oito escolas destinadas à vacinação na cidade. Não houve agendamento. A vacinação será por ordem de chegada. .

Até abril, ao menos 30 mil moradores devem ser imunizados. Os resultados do estudo estão previstos para sair até a segunda semana de maio, projeta o Instituto.

De acordo o Butantan, as doses do imunizante são exclusivas para o estudo e o uso delas não interfere na distribuição dos lotes ao restante do país.

Há pelo menos duas semanas as vacinas eram mantidas em um local sigiloso e com temperatura controlada, que varia entre 2°C e 8°C.

Para a vacinação, o município foi dividido em quatro regiões, que são identificadas por cores. Até domingo (21), moradores da faixa verde receberão a primeira dose.

  • 1ª região (verde): de 17 a 21 de fevereiro;
  • 2ª região (amarelo): de 24 a 28 de fevereiro;
  • 3ª região (cinza): de 3 a 7 de março;
  • 4ª região (azul): de 10 a 14 de março.

A segunda dose começará a ser aplicada entre o 21° e o 30° dia após a primeira.

Para cada região, as doses serão aplicadas de quarta-feira a sexta-feira, das 14h às 20h30. Aos sábados e domingos, das 8h às 15h30, em um dos postos abaixo.

  • Escola Jardim das Rosas: Rua Joaquim Santos, 890
  • Escola Neusa Maria do Bem: Rua Benedito, 87, Jardim das Rosas II
  • Escola Dilce Jorge Gonçalves Netto França: Rua Jorge L. Registro, 176, Jardim Mariana
  • Escola Edésio Monteiro de Oliveira: Rua Roraima, 92, Jardim Bela Vista
  • Escola Paulo Sérgio Betarello: Rua Santos Cruz, 1801, Jardim Cristina
  • Escola Maria Celina Walter de Assis: Rua Antônio Honório Ribeiro, 895, Centro
  • Escola Deputado José Costa: Rua dos Estudantes, 180, Centro
  • Escola Jardim Dom Pedro I: Avenida Arsênio R. Martins, 151, Jardim Dom Pedro I

Segundo o projeto, das oito escolas definidas para aplicações, cinco são adaptadas para moradores com dificuldade de mobilidade ou cadeirantes:

  • Escola Dilce Jorge Gonçalves Netto França
  • Escola Deputado José Costa
  • Escola Neusa Maria do Bem
  • Escola Paulo Sérgio Betarello
  • Escola Maria Celina Walter de Assis

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp