19/01/2021 às 13h09min - Atualizada em 19/01/2021 às 13h09min

Doria alfineta Bolsonaro e pergunta onde está a vacina de Oxford

Doria criticou o fato de o presidente ter colocado em dúvida a qualidade e eficácia do imunizante produzido pelo Instituto Butantan.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez uma série de ataques ao governo federal e a Jair Bolsonaro (Sem Partido) nesta terça-feira (19), quando participou do ato que marcou o início da vacinação contra a Covid-19 em Ribeirão Preto - SP.

Doria criticou o fato de Bolsonaro ter colocado em dúvida a qualidade e eficácia do imunizante produzido pelo Instituto Butantan em diferentes ocasiões e lembrou que, até o momento, esta é a única vacina disponível no Brasil para vacinação contra Covid-19.

“Onde estão as outras vacinas? Será que mais uma vez, além de falta de seringas, agulhas, falta de logística, testes desperdiçados com prazo vencido... Até quando vamos ter a incompetência do governo federal diante de uma pandemia que já levou a vida de mais de 215 mil brasileiros”?, questionou.

Doria ainda fez declaração de apoio à Fiocruz, instituição parceira no desenvolvimento da vacina Oxford/AstraZeneca, que também foi aprovada pela Anvisa no domingo (17), mas cobrou o governo federal sobre a aquisição da vacina.

“Nós temos muito respeito pela Fiocruz e seus cientistas. Agora eu pergunto ao Ministério da Saúde: onde está a vacina da AstraZeneca? [...] O ministério nem considerava termos a vacina do Butantan, e hoje é a vacina do Butantan que está vacinando profissionais de saúde em todo o Brasil. Mas eu volto a perguntar ao presidente Jair Bolsonaro: onde estão as vacinas da AstraZeneca”?, disse.

O governador ainda cobrou que o presidente trabalhe com compaixão, respeito pela medicina, pela saúde e pela vida. “Respeite a vida, presidente. Respeite os brasileiros”, disse.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp