18/01/2021 às 15h37min - Atualizada em 18/01/2021 às 15h37min

“Na hora da verdade, coragem não é tão grande”, diz Maia sobre Bolsonaro

“O presidente da República disse várias vezes que não compraria a vacina chinesa, que quem manda era ele, mas na hora da verdade a coragem não é tão grande, não é isso? É corajoso até uma parte da história”, disse, em coletiva de imprensa na Câmara.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), comentou nesta segunda-feira (18) sobre a aprovação da vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e criticou as declarações dadas por Jair Bolsonaro (Sem Partido) anteriormente.

“O presidente da República disse várias vezes que não compraria a vacina chinesa, que quem manda era ele, mas na hora da verdade a coragem não é tão grande, não é isso? É corajoso até uma parte da história”, disse, em coletiva de imprensa na Câmara. Bolsonaro disse nesta segunda-feira que a “vacina é do Brasil, não é de nenhum governador”.

Mais cedo Maia também levantou a possibilidade da instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as ações do governo federal na pandemia. A declaração de Maia ocorre após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar no domingo (17) o uso emergencial da Coronavac e da vacina de Oxford/AstraZeneca.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp