17/01/2021 às 15h38min - Atualizada em 17/01/2021 às 15h38min

Primeira a ser vacinada é enfermeira negra do Emílio Ribas em São Paulo

Mônica Calazans tem 54 anos e é linha de frente no combate ao coronavírus. Ela é do grupo de risco: obesa, hipertensa e diabética.

A primeira pessoa a ser vacinada com Coronavac, desenvolvida pela Sinovac em parceria, no Brasil, com o Instituto Butantan, será uma enfermeira negra que trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, segundo coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S.Paulo.

Mônica Calazans tem 54 anos e é linha de frente no combate ao coronavírus. Ela é do grupo de risco: obesa, hipertensa e diabética.

Mesmo assim, no auge da pandemia do coronavírus em maio, ela decidiu se inscrever para as vagas de enfermagem abertas no regime de Contrato por Tempo Determinado (CTD). Antes disso, ela foi auxiliar de enfermagem por 26 anos.

A vacinação iniciará no Hospital das Clínicas em São Paulo - SP, neste domingo (17) assim que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar os imunizantes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp