12/01/2021 às 13h47min - Atualizada em 12/01/2021 às 13h47min

Coronavac tem eficácia geral de 50,4% no estudo feito pelo Butantan e é considerado imunizante viável

O dado inclui aquelas pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus e não tiveram sintomas que necessitaram de atenção no estudo de fase 3 comandado pelo Butantan.

O Instituto Butantan divulgou nesta terça-feira (12) detalhes de um estudo feito a respeito da eficácia geral da vacina Coronavac, que atingiu 50,38% de imunização contra a Covid-19.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, o dado foi informado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no pedido de registro emergencial da vacina, e está acima dos 50% requeridos universalmente para considerar um imunizante viável.

Os dados são fundamentais para a aprovação do imunizante em caráter emergencial pela Anvisa, que cobrou novas informações.

A reportagem ainda informa que, à primeira vista, parece um dado muito inferior aos 78% de prevenção de casos leves e 100% de pacientes moderados, graves ou mortos evitados pela Coronavac. Mas ele inclui aquelas pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus e não tiveram sintomas que necessitaram de atenção no estudo de fase 3 comandado pelo Butantan no Brasil, no qual a vacina foi testada num grupo de 13.060 voluntários.

Foram infectadas ao longo do ensaio, iniciado em julho, 218 pessoas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp