30/10/2019 às 14h44min - Atualizada em 30/10/2019 às 14h44min

Witzel diz nos bastidores que Bolsonaro é “carta fora do baralho”

Há um mês, Wilson Witzel tem dito nos bastidores que Jair Bolsonaro estará fora da disputa presidencial de 2022. “A percepção de pessoas próximas ao governador é que ele já sabia de algo que poderia complicar a reeleição de Jair Bolsonaro”, escreve a jornalista Bela Megale, em referência ao assassinato de Marielle.

A revelação de que o nome de Jair Bolsonaro (PSL) aparece em meio aos desdobramentos das investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, já levam o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) a considerar o ex-capitão como “carta fora do baralho” na disputa presidencial de 2022.

Segundo reportagem do blog da jornalista Bela Megale, no jornal O Globo Witzel - que tem planos de se candidatar ao Planalto no próximo pleito presidencial - já vem comentando com aliados próximos sobre Bolsonaro não disputar a reeleição há cerca de um mês.

“A percepção de pessoas próximas ao governador é que ele já sabia de algo que poderia complicar a reeleição de Jair Bolsonaro. Witzel vem trabalhando para cacifar seu nome para a próxima disputa presidencial”, destaca a reportagem.

Nesta terça-feira (29), ao tomar conhecimento do vazamento de dados ligados às investigações do assassinato de Marielle Franco, Bolsonaro acusou Witzel de ser o responsável.

Em nota, Witzel afirmou que “lamenta profundamente a manifestação intempestiva do presidente Jair Bolsonaro” e ressaltou que “jamais houve qualquer tipo de interferência política nas investigações conduzidas pelo Ministério Público e a cargo da Polícia Civil”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp