29/12/2020 às 11h12min - Atualizada em 29/12/2020 às 11h12min

Outra mulher é morta na frente das filhas, agora em Minas Gerais: sete feminicídios desde a véspera de Natal

Com o assassinato de Camila Bandeira no domingo, em Três Corações - MG esfaqueada na frente dos filhos, já são sete os feminicídios notificados no país em apenas cinco dias, ao redor do Natal.

Mais um feminicídio na madrugada do último domingo (27), em Três Corações - MG, leva a pelo menos sete o número de assassinatos de mulheres por maridos, namorados ou ex-companheiros em apenas cinco dias do atual período de festas de fim de ano no Brasil.

Dos sete crimes, dois foram cometidos a faca e na frente dos filhos. Foi o caso de Camila Miranda Bandeira, de 32 anos. O assassino é seu companheiro, que foi preso no dia seguinte. Em maio, a vítima já havia denunciado o companheiro.

Os assassinatos aconteceram, além de Minas Gerais, em Santa Catarina, onde foram registrados dois feminicídios, Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

O crime aconteceu na casa da família, na frente das quatro filhas do casal, todas menores. Segundo a Polícia Civil, o motivo seria ciúmes. A delegada responsável pelas investigações, Hipólita Brum de Carvalho, da Delegacia de Mulheres de Três Corações, afirma que a discussão começou por causa de um celular.

“O autor, desconfiando que a vítima o estava traindo, tomou seu celular. Alterado, o homem a agrediu e a matou na frente das quatro filhas do casal”, afirmou a delegada ao jornal O Estado de S. Paulo. O homem foi localizado pela Polícia Militar (PM) em uma rodovia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp