28/12/2020 às 13h11min - Atualizada em 28/12/2020 às 13h11min

Bolsonaro diz que vacinação contra Covid-19 não é sua responsabilidade e cobra fabricantes

A apoiadores, Jair Bolsonaro reclamou da demora de fabricantes da vacina para apresentar pedidos de uso emergencial e definitivo dos imunizantes à Anvisa. “Os laboratórios não tinham que estar interessados em vender para a gente?”

Jair Bolsonaro (Sem Partido) reclamou de fabricantes de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira (28) que ainda não apresentaram à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedidos para uso emergencial e definitivo dos imunizantes no Brasil.

Ele ainda disse que não é sua responsabilidade garantir a pronta vacinação da população, e sim dos “vendedores”. “O Brasil tem 210 milhões de habitantes. Um mercado consumidor, de qualquer coisa, enorme. Os laboratórios não tinham que estar interessados em vender para a gente? Por que eles, então, não apresentam documentação na Anvisa? Pessoal diz que tenho que...Não, não. Quem quer vender...Se eu sou vendedor, eu quero apresentar”, disse Bolsonaro a apoiadores no Palácio da Alvorada.

Ele voltou a declarar também que não se incomoda com o atraso da vacinação no país, mesmo com uma alta taxa de mortes diárias pela doença e com mais de cinco milhões de pessoas já tendo sido vacinadas no mundo. “Falei que não estava preocupado com pressão. Falei mesmo. Porque nós temos que ter responsabilidade. Certas coisas não pode ser correndo, você está mexendo com a vida do próximo. Agora, se eu vou na Anvisa, que é um órgão de Estado, (e digo) ‘corre aí’, eu estou interferindo”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp