24/12/2020 às 12h34min - Atualizada em 24/12/2020 às 12h34min

Bruno Covas sanciona reajuste de mais de 46% do salário do prefeito, vice e de secretários de São Paulo

Reajuste vale para 2022 e eleva o teto do funcionalismo na capital para R$ 35,4 mil, impactando na folha de pagamentos de toda a cidade. Texto foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (24).

O prefeito Bruno Covas (PSDB) sancionou nesta quinta-feira (24) o aumento de 46,6%, em média, dos salários do prefeito, do vice e dos secretários da capital paulista. O texto foi publicado no Diário Oficial.

De autoria do Executivo, o projeto foi aprovado em segunda votação na Câmara de Vereadores de São Paulo - SP na tarde da quarta-feira (23). Foram 34 votos a favor, 17 contra e 1 abstenção.

A primeira aprovação havia sido realizada às 12h de segunda-feira (21). O reajuste vale a partir de 2022 e, com isso, sobe o teto do funcionalismo público municipal.

O salário atual do prefeito, que é de R$ 24,175 , passará a cerca de R$ 35.462 - com variação de 46,6%. Já o salário do vice-prefeito terá variação de 47% e dos secretários chega a quase 53% de aumento.

A aprovação recebeu duras críticas de alguns parlamentares, por ter ocorrido na semana de Natal e após um ano de contingenciamento de gastos devido à pandemia de Covid-19.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp