21/12/2020 às 19h02min - Atualizada em 22/12/2020 às 13h27min

Buscas por bonecas Reborn têm pico em dezembro

Os bebês reborn foram criados nos Estados Unidos, na década de 1990, quando produtores do ramo perceberam uma demanda por bonecas mais realistas, porém, o fascínio continua atual e já atingiu vários países.

As bonecas hiper-realistas estão ocupando espaço no mercado de brinquedos, atraindo atenção de pessoas de diferentes faixas etárias. Também conhecidos como bonecas reborn, os produtos têm apresentado crescimento na procura pela internet, indicando que podem novamente se tornar hits no Natal.

Dados do Google Trends confirmam o crescente interesse pelo brinquedo infantil no país. As buscas pelo termo “boneca reborn” cresceram 163% desde o final de outubro e alcançaram o pico na primeira quinzena de dezembro. Nos últimos meses, buscas por termos como “bebê reborn menino” e “boneca reborn grande” tiveram aumentos de 450% e 190%, respectivamente.

No Google Brasil, buscas pela boneca reborn disparam no final do ano

Os bebês reborn foram criados nos Estados Unidos, na década de 1990, quando produtores do ramo perceberam uma demanda por bonecas mais realistas, porém, o fascínio continua atual e já atingiu vários países.

No Brasil, por exemplo, a febre deu um salto quando a esposa de Roberto Justus mostrou, no início de novembro, a coleção da filha Rafaella, pelo seu perfil no Instagram. Já são mais de dez bonecas do tipo e todas ganham, inclusive, nomes próprios e festas de aniversário organizadas pela família.

Tamanho sucesso também pode ser justificado pelo fato de as reborn terem um público-alvo mais amplo do que a maioria das bonecas, uma vez que, além de servir como brinquedo para crianças, auxiliando-as em seu desenvolvimento, podem também ajudar adultos.

Reborns auxiliam crianças e adultos

Brincar de boneca não é uma atividade recente, pelo contrário. Há registros de tipos de brinquedos semelhantes na Grécia, no ano 100. Mas, com o avanço das pesquisas, cada vez mais é possível compreender o impacto que o produto pode ter na vida de alguém.

De acordo com a pré-escola canadense ChildVentures

, o uso de bonecas pode beneficiar crianças de diversas maneiras. Acredita-se que a ideia de cuidar de um bebê aprimora habilidades sociais e a empatia da menina ou do menino, que começa a entender que possui uma responsabilidade com terceiros.

“As bonecas são uma representação da própria criança e permitem que ela ganhe um entendimento mais profundo sobre si e os outros que a cercam”, afirma o site da instituição. Com a criação de bonecas hiper-realistas, esses efeitos podem ser potencializados, oferecendo uma experiência ainda mais verídica para a criança.

Quando se trata da faixa etária adulta, o interesse pela boneca parte de outras razões. Para a psiquiatra Gail Saltz, na maioria das vezes, as reborns servem para auxiliar no processo de perda - seja de uma criança que faleceu ou, ainda, advinda da síndrome do ninho vazio, quando os filhos saem de casa.

“A boneca oferece conforto. Assim, eles podem fingir que têm um bebê de verdade, tanto para si, quanto para o resto do mundo”, afirma em entrevista para o jornal estadunidense Today. A criação do produto - feita com atenção em detalhes como cílios, cabelos, coloração - garante a impressão de se tratar de um ser vivo de carne e osso, o que intensifica essa crença.

Principais características de bonecas reborn

Durante a Segunda Guerra Mundial, muitas mães europeias se viram sem dinheiro para comprar novos brinquedos para suas crianças. Então, algumas decidiram renovar as bonecas antigas, dando novas cores e um ar um pouco mais realístico - por isso o termo “reborn”, que significa renascido em português.

A história é um primórdio do que viria ser a atual boneca reborn. Nas últimas décadas, o termo foi associado a um tipo de produto específico, que possui diversas características próprias, que tornam a boneca extremamente realista.

As bonecas reborn são feitas de vinil, silicone ou por uma combinação dos dois materiais. O planejamento requer atenção, já que é necessário medir, pesar e montar o brinquedo da forma mais parecida com um bebê de verdade. Quando feita à mão, leva-se cerca de 100 horas para que o artesão complete a boneca reborn, o que mostra a complexidade do processo.

Para finalizar a criação, seja manual ou por fábrica, são utilizados materiais e ferramentas próprias, portanto, trata-se de uma boneca mais cara. Os preços variam: dependendo do tipo de produção, marca e tamanho, os valores podem variar de R$ 300 a R$ 5 mil.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp