14/12/2020 às 18h04min - Atualizada em 14/12/2020 às 18h04min

Em entrevista, Roger Machado fala sobre o negro no futebol e as barreiras invisíveis da sociedade brasileira

O técnico de futebol participa do Sem Estúdio e conta sobre o projeto que pretende lançar 50 livros de autores negros e indígenas nos próximos cinco anos.

Na próxima terça-feira (15/12), o “Sem Estúdio”, produção do Editorial J, Laboratório Convergente do Curso de Jornalismo da Famecos/PUCRS, entrevista Roger Machado, técnico de futebol. O programa semanal de entrevista coletiva, realizado por alunos de jornalismo, recebe, às 19h, o ex-lateral esquerdo. Nascido na capital gaúcha, Roger foi revelado pelo Grêmio em 1994, clube pelo qual teve a passagem mais longeva e vitoriosa da carreira. Como jogador, também atuou pelo Vissel Kobe do Japão e pelo Fluminense. Iniciou a carreira de técnico no Juventude, em 2014. Treinou Novo Hamburgo, Grêmio, Atlético Mineiro, Palmeiras e Bahia. Por esse último, em outubro do ano passado, manifestou-se sobre o racismo estrutural em uma entrevista coletiva que ganhou repercussão nacional.

Afirmado como uma das principais vozes do movimento negro no futebol brasileiro, Roger Machado quer levar a luta antirracista para muito além do esporte. O treinador, hoje sem clube, financia o projeto que pretende lançar 50 livros de autores negros e indígenas nos próximos cinco anos e, quem sabe, se tornar uma editora no futuro. Através do Projeto Canela Preta, os livros chegarão ao mercado com preço acessível para a parcela mais carente da população, formada em sua maioria por negros.

A transmissão do Sem estúdio acontece na página do Facebook do Editorial J e o público pode mandar suas perguntas nos comentários para serem lidos no ar. Os estudantes estão entre o 2º e 4º semestre do curso. O episódio desta semana é o último da atual temporada, que tem como temática os “Direitos Humanos” e já recebeu, dentre outros nomes, Preto Zezé (presidente da CUFA), Ailton Krenak (líder indígena) e Míriam Leitão (jornalista do Globonews). Na primeira temporada, a pauta foi o jornalismo em tempos de pandemia, entre os entrevistados estão Isabel Vincent (New York Post), José Roberto de Toledo (revista piauí), Pedro Dória (Canal Meio) e Marcelo Canellas (Rede Globo). Todas as entrevistas estão disponíveis para serem assistidas no Facebook do J. O Sem Estúdio alcança, em média, mais de duas mil pessoas em cada uma das suas edições através da rede social.

Há nove anos, o Editorial J recebe estagiários e alunos voluntários dos mais variados semestres, que produzem, diariamente, conteúdos em diversas linguagens e plataformas. Neste período, o grupo já conquistou 27 prêmios de jornalismo regionais e nacionais. A produção pode ser encontrada no site e nas redes do @editorialj.

SERVIÇO

Entrevista com Roger Machado

Terça-feira (15/12), às 19h

Local: Facebook do Editorial J


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp