12/12/2020 às 11h15min - Atualizada em 12/12/2020 às 11h15min

Em editorial, jornal O Globo responsabiliza Bolsonaro pelas 180 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil

O jornal O Globo publicou editorial dizendo que “constata-se que o Brasil de Bolsonaro vai além do pior” e lamentou a marca de 180 mil mortos e 6,8 milhões de infectados que o Brasil atingiu neste sábado.

O jornal O Globo publicou editorial neste sábado (12) condenando o governo pelas mortes causadas pela Covid-19 no Brasil.

“Em 28 de março, quando o Brasil registrava menos de 4 mil infectados e 114 mortos pelo novo coronavírus, o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, levou ao presidente Jair Bolsonaro e a seus ministros três cenários para a pandemia. No melhor, o vírus mataria 30 mil brasileiros. No intermediário, de 60 a 80 mil. No pior, caso não fossem tomadas medidas de combate à doença, o número de vítimas chegaria a 180 mil”, diz o editorial.

“Oito meses e meio depois, constata-se que o Brasil de Bolsonaro vai além do pior. Faltando menos de 20 dias para terminar o fatídico 2020, o país ultrapassou ontem a marca de 180 mil mortos e 6,8 milhões de infectados, deixando para trás o cenário mais catastrófico traçado pelos técnicos do Ministério da Saúde no início da pandemia”, diz outro trecho do editorial.

“Não se sabe qual será o limite para a hecatombe. Depois de alternar períodos de estabilidade e queda, o número de casos e mortes voltou a explodir no país a partir de novembro, levando as redes pública e privada à iminência de um colapso. O vírus avança nas capitais e no interior. Ontem, 20 das 27 unidades da Federação registravam alta na média de mortes, e apenas três apresentavam queda. O número de óbitos já voltou ao patamar de 700 por dia, um a cada dois minutos”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp