09/12/2020 às 20h20min - Atualizada em 09/12/2020 às 20h20min

Enxadristas da vida real: assim como em O Gambito da Rainha, conheça os alunos que representarão o Brasil no primeiro Mundial Escolar de Xadrez Online

Equipe do Colégio Augusto Laranja, de São Paulo, é uma das 10 escolas brasileiras que competirá com mais de 300 instituições de ensino ao redor do mundo.

Aulas de Xadrez - Colégio Augusto Laranja

Após o Xadrez ganhar os holofotes no Brasil por conta da série O Gambito da Rainha, fenômeno de audiência na Netflix, o mundo poderá conferir entre 10 de dezembro 2020 e 20 de fevereiro de 2021, os enxadristas da vida real no primeiro Mundial Escolar de Xadrez Online. Entre as mais de 300 escolas, de aproximadamente 50 países, que participarão da competição, o Brasil marcará sua presença com o Colégio Augusto Laranja, localizado no bairro de Moema, São Paulo, para competir pelo título.

Em razão da série que ganhou destaque e bateu o recorde de audiência com mais de 62 milhões de visualizações logo nos primeiros dias de estreia, segundo a plataforma de streaming,a modalidade aumentou a popularidade no Brasil e fez com que as pesquisas sobre ela alavancassem. De acordo com o Google Trends, somente na primeira semana que a trama foi ao ar a procura online pelos assuntos relacionados ao Xadrez subiram 41%.

A minissérie conta a história de uma garota órfã (interpretada pela atriz Taylor-Joy) na década de 50 que encontrou no Xadrez sua aptidão pelo jogo e uma habilidade inacreditável nas táticas do tabuleiro. Esse contexto não é novidade na única escola brasileira tricampeã brasileira de Xadrez Escolar, que disponibiliza a modalidade aos alunos desde os anos 90 e conta com o Mestre da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), Álvaro Aranha, como responsável técnico da equipe.

Organizado pela Expo Dubai 2021, junto com o site chess24, o torneio reunirá 10 instituições educacionais de cada país, com uma equipe de nove jogadores por escola, sendo o Augusto Laranja um dos 10 colégios que irão representar o Brasil no Mundial. "A produção da Netflix deve trazer mais espectadores para o campeonato e, possivelmente, mais adeptos ao universo do tabuleiro. Isso é extremamente benéfico aos jovens em função das habilidades desenvolvidas, como o raciocínio lógico, aptidão na área de exatas, concentração e pensamento estratégico", comenta Álvaro.

Conheça a equipe de enxadristas do Colégio Augusto Laranja que representarão o Brasil:

Kauã Marques, 15 anos, está no 1° Ano do Ensino Médio, atual Campeão Brasileiro e o único Sul-americano até 14 anos. Ele tornou-se Mestre da Federação Internacional de Xadrez (FIDE) e, desde a sua chegada na escola em 2015, tem se destacado nos torneios online e campeonatos na cidade de São Paulo. É o primeiro tabuleiro da equipe, o que significa que ele irá enfrentar os adversários mais fortes.

Diego Sashaki Haraguchi, 12 anos, está no 6° Ano do Ensino Fundamental II, foi Campeão Brasileiro de Xadrez Escolar em 2017 e 2019. É o segundo tabuleiro do time.

Vinícius Taishun Lima, 14 anos, está no 9° Ano do Ensino Fundamental II, Campeão Brasileiro Escolar por dois anos consecutivos, 2014 e 2015. É Campeão Sul-americano Escolar 2019.

Henrique Jaze Simões da Rosa, 14 anos, está no 8° Ano do Ensino Fundamental II, Campeão Paulista Sub-12 2018 e Campeão Paulista Interclubes Sub-16.

João Pedro Vieira Corrêa, 15 anos, está no 9° Ano do Ensino Fundamental II, Campeão Sub-20SP Open Clássico U2050 de 2019 e já conquistou o 3º lugar no Campeonato Brasileiro Escolar 2017.

Clarice Soares Leite Flores, 15 anos, está no 9° Ano do Ensino Fundamental II, é Vice-Campeã Brasileira Escolar de 2018 e Bicampeã Brasileira Escolar 2017 e 2019.

Henrique Carvalho Bernardo, 10 anos, está no 4° Ano do Ensino Fundamental I. O mascote do time possui uma bagagem bastante significativa e, mesmo sendo o mais novo da turma, já conquistou o título de Campeão Paulista Escolar 2018 e de Campeão da final SP Open Escolar, na Categoria A 2019.

Matheus Sashaki Haraguchi,14 anos, está no 9° Ano do Ensino Fundamental II, é Vice-Campeão Paulista Escolar 2017 e Vice-Campeão Brasileiro Escolar 2019.

Carolina Ziemer Vilalba Moreira, 14 anos, está no 8° Ano do Ensino Fundamental II, é Campeã da Categoria B da final do Circuito SP Open 2017, Campeã da Categoria C do Challenger do Augusto Laranja 2020 e, recentemente, alcançou o terceiro lugar na categoria sub-14 feminino no torneio online, FloripaChess Open 2020.

Esta não é a primeira vez que o Colégio participa de grandes eventos do Xadrez. Em junho de 2019, a equipe do treinador Álvaro Aranha participou de um torneio na Rússia, com as 109 melhores escolas locais e 36 instituições campeãs de outros países. O Colégio conquistou o 19º lugar no geral e 6º entre as escolas estrangeiras.

Agora, com a expectativa de realizar um bom torneio, os treinos se intensificaram. "Nosso objetivo é fazer uma boa disputa neste Mundial e competir com excelência. O time escalado tem a consciência do quanto é preciso se esforçar para um campeonato deste porte. Por serem apaixonados pelo que fazem, nossos alunos não medem esforços e seguem treinando mesmo nas férias", diz o técnico orgulhoso.

O torneio Mundial Escolar será online e o público poderá acompanhar por meio do site espanhol www.chess24.com. As 10 escolas finalistas disputarão a final do Mundial, de forma presencial, programada para setembro de 2021, em Dubai, com tudo pago.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp