01/12/2020 às 12h30min - Atualizada em 01/12/2020 às 12h30min

Perdido, Bolsonaro defende conta de luz mais cara e diz que é isso ou apagão

As declarações de Bolsonaro postadas em rede social nesta terça-feira (1°) demonstram apoio à decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de revogar medidas que preveniam um aumento na conta de luz durante a pandemia da Covid-19.

Jair Bolsonaro (Sem Partido) disse em uma rede social nesta terça-feira (1°), ao ser indagado por um internauta sobre o aumento na conta de luz, que se nada for feito pelo governo, o Brasil poderá enfrentar um apagão por causa da falta de chuvas.

“As represas estão em níveis baixíssimos. Se nada fizermos, poderemos ter apagões”, respondeu Bolsonaro no Facebook a um usuário que lhe agradeceu ironicamente pelo aumento na conta de luz em dezembro.

“O período de chuvas, que deveria começar em outubro, ainda não veio. Iniciamos também campanha contra o desperdício”, acrescentou Bolsonaro.

Na segunda-feira (30), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou a reativação do sistema de bandeiras tarifárias nas contas de luz a partir de dezembro, estabelecendo para o mês que vem a bandeira vermelha patamar 2.

Em reunião extraordinária, a diretoria da reguladora optou, com unanimidade, por revogar despacho de maio que mantinha as contas em bandeira verde, sem custos adicionais para o consumidor, até o final de dezembro por causa dos efeitos da pandemia de Covid-19.

A bandeira vermelha patamar 2, definida para dezembro, é a que prevê as condições mais custosas de geração de energia, com impacto nas contas de luz da população.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp