13/09/2020 às 13h24min - Atualizada em 13/09/2020 às 13h24min

Lewis Hamilton vence o caótico GP da Toscana de F1

Hamilton subiu ao pódio com uma camiseta em protesto para exigir a prisão dos policiais que mataram a jovem negra Breonna Taylor, nos Estados Unidos, em março deste ano.

Num tumultuado Grande Prêmio da Toscana, com duas bandeiras vermelhas causadas por acidentes, Lewis Hamilton venceu neste domingo (13) pela 90ª vez na Fórmula 1 e ficou a apenas uma vitória de igualar o recorde de Michael Schumacher. Companheiro de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas completou em segundo lugar, e Alexander Albon, da RBR, subiu ao pódio pela primeira vez na carreira na F1, em terceiro.

Hamilton subiu ao pódio com uma camiseta em protesto para exigir a prisão dos policiais que mataram a jovem negra Breonna Taylor, nos Estados Unidos, em março deste ano.

A prova teve um acidente na primeira volta envolvendo sete pilotos, o que causou o abandono de Max Verstappen e Pierre Gasly, uma nova batida na relargada com os pilotos do fim do grid, o que provocou a primeira vermelha, e uma forte pancada de Lance Stroll, o que resultou na segunda paralisação.

Daniel Ricciardo, da Renault, chegou a assumir o segundo lugar depois da terceira largada, mas caiu para quarto, e Sergio Pérez completou a corrida em quinto, com a Racing Point. Também pontuaram, do sexto ao décimo lugares, Lando Norris (McLaren), Daniil Kvyat (AlphaTauri), Charles Leclerc (Ferrari), Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) e Sebastian Vettel (Ferrari) - o finlandês cruzou em oitavo, mas, punido por uma irregularidade ao entrar nos boxes, caiu uma posição.

O campeonato segue daqui a duas semanas, com o Grande Prêmio da Rússia, no circuito de Sochi.

Confira o resultado final do GP da Toscana de F1:

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)

3. Alexander Albon (THA/Red Bull/Honda)

4. Daniel Ricciardo (AUS/Renault)

5. Sergio Pérez (MEX/Racing Point/Mercedes)

6. Lando Norris (GBR/McLaren/Renault)

7. Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri/Honda)

8. Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo/Ferrari)

9. Charles Leclerc (MON/Ferrari)

10. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

11. George Russell (GBR/Williams/Mercedes)

12. Romain Grosjean (FRA/Haas/Ferrari)

Não completaram a prova:

Lance Stroll (CAN/Racing Point/Mercedes)

Esteban Ocon (FRA/Renault)

Nicholas Latifi (CAN/Williams/Mercedes)

Kevin Magnussen (DIN/Haas/Ferrari)

A. Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo/Ferrari)

Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren/Renault)

Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri/Honda)

Max Verstappen (HOL/Red Bull/Honda)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp