06/09/2020 às 12h25min - Atualizada em 06/09/2020 às 12h25min

Gasly vence corrida em Monza com acidente de Leclerc e punição a Hamilton

Inglês liderava quando safety car para retirada do carro de Magnussen mudou prova; hexacampeão parou no box na hora errada, levou penalidade, e francês aproveitou.

O francês Pierre Gasly aproveitou uma corrida repleta de incidentes e confusões para vencer neste domingo (6) o GP da Itália de Fórmula 1, em Monza.

É a primeira vitória de um francês desde que Olivier Panis ganhou em Mônaco, em 1996, e o primeiro triunfo da equipe AlphaTauri na categoria. Nas voltas finais, Gasly resistiu a um ataque feroz de Carlos Sainz Jr. (McLaren), que terminou em segundo. Lance Stroll deu à Racing Point o primeiro pódio, em terceiro.

Gasly foi beneficiado por já ter feito o pit stop quando houve um safety car para a retirada do carro de Kevin Magnussen, o que lhe permitiu ganhar posições, e por uma punição a Lewis Hamilton, que liderava a corrida com tranquilidade mas entrou nos boxes antes da abertura para pit stop, o que é irregular.

Depois, a corrida teve um fortíssimo acidente de Charles Leclerc, o que causou uma bandeira vermelha. Na relargada, Gasly herdou a ponta quando o inglês parou nos boxes para pagar a pena. Hamilton ainda se recuperou e terminou em oitavo.

Lando Norris terminou em quarto lugar com a outra McLaren, enquanto o apagado Valtteri Bottas foi o quinto com a Mercedes. A Renault terminou em sexto com Daniel Ricciardo e em oitavo com Esteban Ocon. Também pontuaram Daniil Kvyat (AlphaTauri), em nono, e Sergio Pérez (Racing Point), em décimo.

Além da batida fortíssima de Leclerc, que não se machucou, a Ferrari ainda teve o abandono de Sebastian Vettel devido a problemas nos freios. Quem também abandonou a prova foi Max Verstappen, que vinha tendo corrida apagada pela RBR. Com isso, o holandês perdeu a vice-liderança do campeonato para Bottas.

O campeonato segue no próximo fim de semana, com o Grande Prêmio da Toscana, no circuito italiano de Mugello, que pela primeira vez faz parte do calendário da F1.

Confira como ficou a classificação do GP da Itália de F1:

1. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri)

2. Carlos Sainz (ESP/McLaren)

3. Lance Stroll (CAN/Racing Point)

4. Lando Norris (GBR/McLaren)

5. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)

6. Daniel Ricciardo (AUS/Renault)

7. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

8. Esteban Ocon (FRA/Renault)

9. Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri)

10. Sergio Perez (MEX/Racing Point)

11. Nicholas Latifi (CAN/Williams)

12. Romain Grosjean (FRA/Haas F1 Team)

13. Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo Racing)

14. George Russel (GBR/Williams)

15. Alexander Albon (THA/Red Bull)

16. Antonio Giovanazzi (ITA/Alfa Romeo Racing)

Não completaram a prova:

Max Verstappen (HOL/Red Bull)

Charles Leclerc (MON/Ferrari)

Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

Kevin Magnussen (DIN/Haas F1 Team)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp