26/06/2020 às 22h21min - Atualizada em 26/06/2020 às 22h23min

Decotelli altera currículo e admite que não tem doutorado na Argentina

Após reitor de universidade argentina revelar que ele foi reprovado em doutorado, o novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli da Silva, alterou seu currículo Lattes.

Depois de ser desmentido pelo reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, Franco Bartolacci, que negou no Twitter que o novo ministro da Educação do Brasil, Carlos Alberto Decotelli da Silva, tenha doutorado na instituição, o ministro resolveu alterar seu currículo Lattes e admitir que não defendeu tese de doutorado.

Agora, o documento ressalva que ele concluiu todos os créditos do doutorado em Administração, mas não defendeu a tese.

Antes, constava originalmente a informação de doutorado na Universidade Nacional de Rosário concluído em 2009, com a tese “Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja”, sob orientação de Antônio de Araújo Freitas Jr. O título da tese e o nome do orientador foram excluídos. O campo “Título” foi preenchido com “Créditos concluídos”. E, no campo “Orientador”, passou a ser listado: “Sem defesa de tese”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp