25/06/2020 às 20h30min - Atualizada em 25/06/2020 às 20h30min

Antes de ser preso em Atibaia, Fabrício Queiroz também ficou escondido em Guarujá

De acordo com as investigações, o apartamento fica no Edifício Condomínio Guarujá, de frente para o mar, no meio da orla de Pitangueiras.

Preso em uma casa na cidade de Atibaia - SP, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos), Fabrício Queiroz, também ficou escondido no Guarujá - SP. De acordo com as investigações, o apartamento fica no Edifício Condomínio Guarujá, no meio da orla de Pitangueiras e também é do advogado Frederick Wassef, que representou a família Bolsonaro em diversos processos na Justiça. As informações são da TV Bandeirantes.

No período em que Queiroz esteve hospedado no imóvel, no final de 2018 e primeiros meses de 2019, o Ministério Público (MP) tentava localizá-lo para ser ouvido no inquérito que apura o esquema conhecido como “rachadinha”.

Queiroz estava hospedado no décimo andar do edifício e por lá permaneceu por cinco meses para se recuperar depois de uma operação para retirada de câncer de cólon. Enquanto ficou na cidade, não era considerado foragido, mas procurado pela Justiça.

O policial militar aposentado e ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, foi preso na manhã da última quinta-feira (18) em Atibaia. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp