17/06/2020 às 12h03min - Atualizada em 17/06/2020 às 12h03min

MPF denuncia Sara Winter pelos crimes de injúria e ameaça contra Alexandre de Moraes

A conduta de Sara Winter aconteceu de forma continuada, segundo a Procuradoria da República no Distrito Federal, com declarações proferidas na internet após busca e apreensão determinadas por Alexandre de Moraes.

A ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, foi denunciada pela Procuradoria da República no Distrito Federal pelos crimes de injúria e ameaça, de forma continuada, contra o ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF).

A prisão provisória de Sara Winter foi decretada na segunda-feira (15). A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

O procurador da República Frederick Lustosa enviou a denúncia à 15ª Vara de Justiça Federal de Brasília na terça-feira (16), com declarações proferidas de forma continuada pela ativista, através do YouTube e Twitter, após ela ser alvo de busca e apreensão determinadas por Alexandre de Moraes.

“A investigada utilizou-se das redes sociais para atingir a dignidade e o decoro do ministro, ameaçando de causar-lhe mal injusto e grave, com o fim de constrangê-lo”, afirma o procurador.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp