12/06/2020 às 23h13min - Atualizada em 12/06/2020 às 23h13min

Caixa deve adiar liberação dos R$ 1.045 do FGTS, que estava prevista para segunda-feira

Inicialmente, o dinheiro deveria ser liberado no dia 15; mesmo com atraso, quando o acesso for autorizado, ele deve se limitar, no início, ao aplicativo Caixa Tem.

A Caixa Econômica Federal deve anunciar amanhã o adiamento do pagamento de até R$ 1.045 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para todos os trabalhadores que tenham saldo em contas ativas ou inativas no FGTS, que estava previsto para acontecer na segunda-feira (15), a informação é do site Valor Investe.

O plano inicial era de fato que o pagamento fosse liberado na segunda-feira, conforme prevê a Medida Provisória 946, e para todos os trabalhadores. No entanto, problemas operacionais fizeram a Caixa ter de adiar o início da liberação dos recursos, diz uma fonte ouvida pelo Valor Investe.

Questionada sobre o assunto, a Caixa disse em nota, por meio de sua assessoria de imprensa, que “o calendário e a operacionalização dos pagamentos do FGTS permanecem em definição e serão divulgados em breve”.

Ao que tudo indica, neste sábado (13), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deve formalizar o adiamento do pagamento dos R$ 1.045 do FGTS e qual será de fato o calendário de liberação desses recursos.

A Caixa corre contra o tempo para acertar todos os ponteiros para que o pagamento aconteça o quanto antes. De acordo com essa fonte do governo ouvida pelo Valor Investe, a liberação deve ocorrer ainda em junho, provavelmente entre os dias 25 e 30.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp