07/06/2020 às 17h33min - Atualizada em 07/06/2020 às 17h33min

Bolsonaro foge da responsabilidade sobre desemprego: “não queiram botar no meu colo”

Em fala a apoiadores, Jair Bolsonaro afirmou que o desemprego que cresce no Brasil é culpa do isolamento social determinado por governadores e prefeitos, que adotaram a medida como estratégia para combater o avanço do coronavírus.

Jair Bolsonaro (Sem Partido) conversou na manhã deste domingo (7) com apoiadores e já tratou de escapar de sua responsabilidade em relação ao desemprego crescente no Brasil.

Ele disse que os números de brasileiros sem trabalho crescem por causa da determinação de isolamento social vinda de governadores e prefeitos, que adotaram a medida como estratégia para combater o avanço do coronavírus no Brasil, assim como foi feito em diversos países do exterior.

“O STF decidiu que governo e prefeitos são responsáveis por essa política [de isolamento]. Agora está vindo uma onda de desemprego enorme, não queiram botar no meu colo. Compete a governadores as questões desses problemas que estão acontecendo no Brasil todo”, falou Bolsonaro.

Até este domingo o Brasil já contabiliza 36.078 mortes e 678.360 casos confirmados de coronavírus.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp