05/06/2020 às 16h26min - Atualizada em 05/06/2020 às 16h26min

Deputados bolsonaristas invadem hospital de campanha do Anhembi e disparam agressões verbais

A Prefeitura afirmou em nota que “os deputados e assessores invadiram o HMCamp do Anhembi de maneira desrespeitosa, agredindo pacientes e funcionários verbal e moralmente, colocando em risco a própria saúde porque inicialmente não estavam usando EPIs e a própria vida dos cidadãos que estão internados e em tratamento na unidade”.

Sob o argumento de que estariam realizando uma “vistoria”, cinco deputados estaduais bolsonaristas invadiram o hospital de campanha no Anhembi, em São Paulo - SP, na tarde desta quinta-feira (4). Em vídeos postados nas redes sociais, parlamentares criticam o governador João Doria (PSDB) e minimizam a pandemia, dizendo que há supernotificação de casos no estado.

Participaram da invasão os deputados Adriana Borgo (PROS), Marcio Nakashima (PDT), Leticia Aguiar (PSL), Coronel Telhada (PP) e Sargento Neri (Avante). De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, eles forçaram a entrada no local, inclusive em áreas com alto risco de contaminação, causando tumulto.

O próprio deputado Coronel Telhada confirmou que ida dos deputados gerou um “vuco-vuco” e “xingação” no hospital. De acordo com ele, no entanto, parlamentares estavam lá para fiscalizar o local e “mostrar a realidade”.

A Prefeitura afirmou em nota que “os deputados e assessores invadiram o HMCamp do Anhembi de maneira desrespeitosa, agredindo pacientes e funcionários verbal e moralmente, colocando em risco a própria saúde porque inicialmente não estavam usando EPIs e a própria vida dos cidadãos que estão internados e em tratamento na unidade”.

Ainda de acordo com a gestão municipal, os deputados filmaram as alas do hospital que ainda não foram ativadas “e gravaram pacientes sem autorização prévia, muitos dos quais estavam sendo higienizados em seus leitos”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp