03/06/2020 às 18h56min - Atualizada em 03/06/2020 às 18h56min

Líder de ato antifascista responde a Mourão: “baderna é o que o governo está fazendo com a República”

Um dos organizadores da manifestação que ocorreu na Avenida Paulista no domingo, Danilo Pássaro diz que a força do protesto não está na violência, mas na construção da unidade nacional pela democracia. “Baderna é o que o governo está fazendo com a República e com o Poder Executivo”, diz ele.

O motorista de aplicativo Danilo Pássaro, um dos líderes do movimento Somos Democracia, que realizou o ato antifascista na Avenida Paulista no domingo (31) respondeu ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), que chamou os manifestantes de “baderneiros”.

“Ao contrário do que diz o vice-presidente, são os apoiadores do governo que expõem seus revólveres e armas. Nossa força não está na violência, está na construção da unidade nacional pela democracia”, afirmou Pássaro ao jornal O Estado de S. Paulo. “Baderna é o que o governo está fazendo com a República e com o Poder Executivo”.

“Fizemos uma manifestação pacífica em acordo com o coronel da Polícia Militar, encerramos e dispersamos no horário combinado. Mais de 80% dos manifestantes pró-democracia já tinham sido dispersados, mas pessoas que alegavam ser das Forças Armadas junto com outras que portavam símbolos neonazistas iniciaram provocações”, acrescentou Danilo Pássaro.

Em artigo no jornal O Estado de S. Paulo, o vice-presidente Hamilton Mourão condena as manifestações democráticas e prega a repressão policial contra os protestos populares.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp