13/10/2019 às 19h44min - Atualizada em 13/10/2019 às 19h44min

Simone Biles fecha Mundial de Ginástica com mais dois ouros e vira maior medalhista da história

Americana quebra recorde de Vitaly Scherbo e sai de Stuttgart com cinco títulos.

A maior da história! Simone Biles agora pode dizer que é a número 1 de todos os tempos, pelo menos em Mundiais de ginástica artística. Neste domingo (13), a americana de 22 anos deu mais um show em Stuttgart para conquistar mais dois ouros (um na trave e outro no solo) e assim fechar a competição com cinco títulos (só não foi ao pódio nas barras assimétricas). Simone Biles chegou a 25 pódios e quebrou o recorde de medalhas em Mundiais.

Simone Biles já entrou no Mundial de Stuttgart como número 1 em número de ouros. Nenhuma mulher ou homem foi tantas vezes ao topo do pódio, agora com 19 títulos. Mas ainda havia uma marca a ser batida pela americana: o de 23 medalhas de Vitaly Scherbo. Ela se igualou ao ginasta de Belarus no sábado (12), ao faturar o ouro no salto, mas neste domingo o ultrapassou com o tri da trave e se isolou com o penta do solo. Agora Simone Biles também lidera esse ranking, com 25 pódios.

Em números de medalhas, Simone não igualou seu desempenho de Doha 2018, quando foi aos seis pódios. Em número de títulos, por outro lado, é a primeira vez que a americana consegue cinco ouros. A melhor campanha de uma mulher na história do Mundial continua sendo da soviética Larisa Latynina, que em Moscou 1958 faturou cinco ouros e uma prata.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp