02/06/2020 às 21h23min - Atualizada em 02/06/2020 às 21h23min

Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de “escória maldita” e Zumbi de “fdp”

Em conversa com servidores do órgão, Sérgio Camargo afirmou que o movimento negro é uma “escória maldita”, composto por “vagabundos”.

Presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo afirmou que o movimento negro é uma “escória maldita”, composto por “vagabundos”. Ele ainda chamou o líder negro Zumbi dos Palmares de “fdp que escravizava pretos”, atacou as religiões africanas, referindo-se a uma mãe de santo como “macumbeira” e prometeu como “meta” para o órgão que dirige a demissão de um “esquerdista”.

As afirmações de Camargo foram feitas em reunião com dois servidores, no dia 30 de abril, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, que teve acesso ao áudio da conversa. Segundo o artigo, a reunião ocorreu para tratar do desaparecimento do celular corporativo de Camargo, que insinuou que o furto pode ter sido proposital, para prejudicá-lo. No momento, ele declarou:

“Eu exonerei três diretores nossos (...). Qualquer um deles pode ter feito isso. Quem poderia? Alguém que quer me prejudicar, invadir esse prédio para me espancar, invadir com a ajuda de gente daqui... O movimento negro, os vagabundos do movimento negro, essa escória maldita”, disse o presidente da Fundação Palmares. “Agora, eu vou pagar essa merda aí”, completou, numa referência ao telefone.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp