10/10/2019 às 09h57min - Atualizada em 10/10/2019 às 09h57min

Governo Doria promove cortes nas áreas sociais

A área social é uma das mais atingidas pelo arrocho fiscal promovido pelo governador de São Paulo, João Doria, que se destaca como um governo dos ricos contra os pobres. A verba para o ano destinada à área social foi reduzida em R$ 108 milhões.

Reportagem do jornalista Artur Rodrigues no jornal Folha de S.Paulo informa que no primeiro ano da gestão de João Doria (PSDB) como governador, a área social foi uma das mais penalizadas por cortes de gastos orçados no Estado de São Paulo.

Até o final do ano, a gestão Doria deverá reduzir em R$ 108 milhões os recursos planejados para a área social, que abrange programas como Bom Prato, Viva Leite e atendimentos a adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade.

A reportagem mostra a tendência declinante dos gastos programados para a assistência social nos últimos anos, num contexto de aumento do desemprego e da pobreza.

O programa que sofreu o maior arrocho, na comparação com o valor previsto, foi o Vivaleite, que distribui leite para crianças e idosos em situação de vulnerabilidade. O orçamento de R$ 222 milhões caiu para R$ 173 milhões -dos quais foram gastos R$ 104 milhões até o momento.

Outros programas que terminarão 2019 com menos dinheiro que orçado inicialmente são o Renda Cidadã, Proteção Social Especial de Alta Complexidade, Ação Jovem e Bom Prato - somados, eles terão R$ 62 milhões a menos, se o novo orçamento for cumprido.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp