08/04/2020 às 19h36min - Atualizada em 08/04/2020 às 19h36min

Mortes por coronavírus já superam “previsão” de Bolsonaro

Em entrevista concedida há cerca de 2 semanas, o presidente minimizava a doença e dizia que a Covid-19 teria menos de 800 óbitos.

Dados revelados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (8) contrariam as previsões de Jair Bolsonaro (Sem Partido) feita há cerca de duas semanas sobre a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista dada ao Domingo Espetacular, da Record TV, no dia 22 de março, Bolsonaro afirmou que a Covid-19 não ultrapassaria o número de mortos registrados pela gripe H1N1 em 2019 -796.

“O número de pessoas que morreram de H1N1 no ano passado foi da ordem de 800 pessoas. A previsão é de que não chegará nesta quantidade de óbitos no coronavírus. Tem certos números que têm que ser levados em conta”, afirmou Bolsonaro na ocasião.

Segundo o ministério, já são 800 mortes provocadas pela doença no Brasil. Enquanto os dados do H1N1 são relativos a todo o ano de 2019, os da Covid-19 são de menos de dois meses de epidemia.

Durante a pandemia de H1N1 de 2009 (gripe suína), foram registrados 2.160 óbitos no Brasil entre abril e janeiro do ano seguinte. 58.178 pessoas foram infectadas no país.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp